Limpeza do reservatório do fluido da direção hidráulica e troca do fluido ATF-III

Fiz há muito tempo, logo que comprei carro. Esse reservatório tem a fama de vazar um pouco pela própria tampa e fica uma lambança. Aproveitei pra fazer a troca do fluido também.

Removi o reservatório com muito cuidado (soltar o reservatório do líquido de arrefecimento ajuda muito, mas não precisa soltar as mangueiras dele) e drenei o fluido de dentro todo até parar de pingar. Com ele na mão, finalizei o dreno do sistema, limpei tudo e remontei o conjunto. Completei com o ATF-III da YPF que cumpre as normas Dexron e Mercon e deixei trabalhar por alguns minutos com o motor ligado. O fluido naturalmente baixa um pouco, bastando completar até a marca MAX e ligar novamente o motor pra ver se todo o circuito está preenchido. Virar a direção para ambos os lados ajuda a transferir o fluido mais facilmente.

Esse procedimento me rendeu uma direção bem mais macia, menos ruído e consequentemente deu pra sentir menos peso no motor em marcha lenta.

I love my QQ

Reservatório do líquido de arrefecimento YMAX e fluido de freio DOT4 Radnaq

Seguindo as manutenções possíveis de serem feitas em casa, estou comprando peças e fluidos para troca do reservatório do líquido de arrefecimento da joia. Já tenho a água desmineralizada e o aditivo (que mais adiante vou falar sobre o porquê de eu usar em proporções diferentes de todo mundo) e hoje chegou o reservatório novo. O atual dele provavelmente ainda é o original e já está bem amarelado e sujo. Vou fazer a limpeza de todo o circuito, trocar o reservatório e adicionar líquido novo.

Como só encontro peça genuína pro QQ a preço de ouro ultimamente (será que deixaram de ver o QQ como carro de pobre, finalmente??!) tenho apelado OU para peças de outras montadoras que sejam compatíveis OU peças de fabricação nacional/importação de boa qualidade. A última peça que troquei foi a junta da homocinética do lado do passageiro, peça similar e está em perfeito funcionamento até hoje. O reservatório é da YMAX (assim como os amortecedores do porta-malas) e a apresentação dele é muito boa: bicos de conexão às mangueiras com reforço metálico, tampa com boa fixação, material sem rebarbas e um acabamento muito bom. 

Essa semana me vi obrigado a fazer uma freada de emergência num semáforo (ou sinaleira, aqui no Sul) e ontem acendeu a luz de freio no painel - não senti prejuízo algum na frenagem após isso, nem pedal baixo ou coisa do tipo. Acredito que o fluido estava baixo já antes e baixou um pouco mais, podendo ter vazado para algum canto (ainda vou investigar, mas é virada de ano e não tem coisa alguma aberta). O fluido realmente estava bem próximo da marca MIN e o que fiz foi repor até a marca do limite (MAX) pra sanar o problema (apagou a luz de advertência) e agora vou monitorando como toda semana já faço, pra ver se vai baixar. O fluido DOT4 que comprei é da Radnaq, paguei R$ 11 num posto Ipiranga. Já o reservatório custou R$ 78,49 (já com frete) pelo Mercado Livre (mas já sofreu reajuste desde a minha compra).

Assim que fizer a limpeza do circuito posto mais detalhes sobre o processo, por enquanto é só! Ótimo 2021!







I love my QQ

Como trocar os faróis de neblina do QQ em casa

Faz tempo que quero trocar um dos faróis de neblina (ou farol de milha para os mais antigos) que infiltrou e se tornou escuro e oxidado. Uma pena mesmo.
 
O par de faróis originais Chery estão ficando mais difíceis de serem encontrados e quando isso ocorre, o custo aumenta bastante. Achei a unidade por R$ 279, só pra ter uma ideia. Como a minha grande preocupação nesse momento é estética, optei por comprar aqueles paralelos chineses feitos em acrílico e ABS com a parte refletiva pintada mesmo. Tão logo que possível pretendo colocar os originais, mas neste momento foi o que deu pra fazer.
 
Mas aqui vai o ponto alto dessa experiência: qual a real qualidade dessas peças paralelas? A resposta você vai ter agora. O anúncio original era tentador: o par por menos de R$ 130 com frete grátis. Claro que eu já sabia no que estava me metendo, mas aquele farol do QQ preto e cheio d'água realmente me deixava chateado. Coisa de gente relaxada, entende?! Pena não ter tirado foto desse farol, mas vou procurar fotos mais antigas pra ver se tem algum registro disso. 

Uma das grandes vantagens do QQ é a reposição fácil das peças. Tira uma e põe outra e pronto. Nesse caso, nem precisa soltar o para-choque: basta se deitar por baixo da dianteira, soltar um parafuso com chave 10 e puxar o farol para trás para soltar as travas laterais. Solta o chicote e pronto, o farol tá na mão - o farol do lado do motorista é mais difícil de tirar por conta do pouco espaço disponível, mas também é fácil. Mas como eu sou chato e achei o farol novo bem frágil, fui complicar e testar se realmente ele aguentaria a lâmpada de 55W original do QQ - o vendedor garante que suporta, mas eu não confio em vendedores.

Antes de montar o farol no carro, liguei por cerca de 5 minutos com o chicote fornecido pelo vendedor e minha lâmpada de 55W. Logo subiu um cheiro de plástico queimado e o chicote estava extremamente quente, aquecendo demais com a carga da lâmpada original. Desliguei imediatamente e esperei esfriar naturalmente. Ou seja, esse farol jamais suportaria as lâmpadas originais de 55W do QQ. E esse chicote fornecido pelo vendedor é uma piada, fio de bitola que talvez nem aguentasse lâmpadas de 21W. E por falar em lâmpadas de 21W, curiosamente os faróis vieram com um par delas já instalado... 

Fiz um segundo teste com o farol exatamente como o vendedor me enviou: lâmpada de 21W + chicote paralelo. O chicote aqueceu muito mesmo com essa carga... Ah, a vedação da lente com o corpo do farol também é bastante preocupante, já que se trata de um silicone aplicado de qualquer jeito, com um acabamento péssimo. Certamente não vai durar muito tempo.

A solução para usar esses faróis de neblina paralelos é: utilize o chicote original do QQ que você vai tirar dos faróis originais e mantenha as lâmpadas de 21W nele. A borracha de vedação do chicote original não vai encaixar com perfeição no farol paralelo, e para manter essa vedação minimamente razoável você vai aplicar fita isolante de boa qualidade em toda a borda da borracha formando uma barreira extra de proteção contra umidade e também para evitar que a borracha escape do lugar com a vibração natural do carro. Também tape os dois furos que o farol possui pra não entrar água. O aspecto final dos faróis montados no carro é bom, dado o valor que paguei, e o estado em que o farol original estava (lado do passageiro). Mas como já disse anteriormente, pretendo substituí-los pelos originais Chery assim que for po$$ível. Fiz a avaliação sobre o produto no Mercado Livre para que outras pessoas saibam desse problema grave de segurança do produto e espero que o site publique.

Então, para evitar colocar fogo no seu QQ siga essas dicas ou melhor ainda: compre os faróis originais para manter a originalidade do carro e a segurança. Algumas fotos do produto instalado e a minha recomendação é que só compre se não tiver outro jeito e se comprar, faça o que eu fiz.
 





Esse lado do carro é que tinha o farol infiltrado

 



Pra finalizar a parte dos faróis, ainda quero trocar a lâmpada H4 que veio nele quando comprei que possui luz branca e potência de 35W. Acho péssimo farol com luz branca.

*** update 29/12/2020

A lâmpada de 21W que veio não durou sequer a primeira volta de QQ: o lado do motorista já queimou... ou seja, só compre se não tiver outro jeito! 

*** update 04/01/2021

Pois é, barato que sai caro: a lâmpada não havia queimado e sim DERRETIDO o farol. Os dois faróis estão derretidos pelo calor da lâmpada. Imagina se eu tivesse colocado a original de 55W, então... Vou tentar a troca com o vendedor, pelo menos para manter a estética do troço enquanto não con$igo comprar os originais. Como eu já disse, só compre se não tiver outro jeito. E se comprar, não acenda as luzes!

I love my QQ

Pack de referências para soluções no Chery QQ (e outros carros) que você mesmo pode fazer em casa

Recentemente publiquei alguns tutoriais sobre o meu QQ em outro site, mas aproveitando agora este novo espaço dedicado a ele, achei por bem vincular essas informações aqui também.

Instalando LEDs nos controles dos vidros

fonte: diyPowered
Uma das coisas que alguns donos de QQ fizeram foi colocar os LEDs que não vieram de fábrica nos controles dos vidros das portas. É uma coisa bastante simples de ser feita e que não requer grandes conhecimentos. Se você tem alguma manha com eletrônica, sabe soldar e tem condições de executar, recomendo que faça também. O resultado é muito bacana e dá para personalizar a cor dos LEDs de acordo com seu gosto.

O link para a postagem com mais fotos e informações sobre a modificação: https://diypowered.llucastoledo.com.br/2020/01/instalando-leds-nas-portas-do-qq-painel.html

Instalando sirene ou buzina no alarme do QQ

Uma das coisas que não vieram de fábrica foi a sirene da central de alarme. Isso vale para outros veículos Chery também e a adaptação é muito simples. É possível utilizar qualquer sirene comercial de 12V ou ainda deixar mais profissional utilizando a própria buzina do carro.

O link para a postagem com o esquema elétrico da adaptação: https://diypowered.llucastoledo.com.br/2019/12/como-instalar-sirene-ou-buzina-na.html

Controle remoto do alarme falhando (serve para outros modelos de alarmes também)

fonte: diyPowered
Uma dica a ser testada antes de condenar um controle remoto de qualquer coisa RF é esta aqui. O resultado é muito eficiente e ainda poupa a pilha CR2032 por muitos meses.


Polimento de farol em casa

fonte: diyPowered
E para finalizar, um polimento muito bacana que vai salvar a lente do seu bloco óptico baratinho. Link para a postagem com fotos: https://diypowered.llucastoledo.com.br/2020/06/controle-remoto-do-chery-qq-20112012.html

I love my QQ

I love my QQ - o blog do sapinho, do pokémon, da baratinha, do besourinho, do meu e do seu QQ!

Olá a você entusiasta do mundo automobilístico, bem-vindo você que também possui um Chery! O I love my QQ é um blog de histórias sobre mim e o meu QQ verde metálico 1.1 16V 4 cilindros, comprado em dezembro de 2019 numa revenda aqui na cidade de Pelotas. A ideia é registrar manutenções, dicas, pequenos reparos que são possíveis de serem feitos por você mesmo em casa, indicar oficinas e profissionais e abrir um canal de referência para proprietários de QQ's pelo mundo afora. 

Como aconteceu com vários outros carros que se tornaram ícones de suas montadoras, o QQ certamente é um futuro ícone da Chery, que infelizmente deixou de fabricá-lo recentemente. Essa adoração pelo carrinho faz com que uma legião de QQ's apareça pela cidade e que poucas unidades sejam encontradas à venda. Com um valor de tabela FIPE muito razoável para quem pretende manter o seu por muito tempo (o meu caso) e melhor ainda para quem pretende adquirir um, o QQ é uma excelente opção para a proposta urbana. São várias cores diferentes além dos tradicionais preto, branco, prata e vermelho. Os meus favoritos são o branco e o amarelo, apesar de o meu ser verde metálico - aqui na cidade vi apenas dois outros iguais. Quem tem um QQ sabe como dói ver um QQ maltratado, quebrado e sujo!

O consumo na cidade surpreende mesmo com o ar condicionado ligado - que funciona muito bem - e as manutenções se tornam muito acessíveis tanto em peças quanto em mão de obra. Vale lembrar que os Chery são importados e que ainda pode existir alguma oficina que se recuse a trabalhar com ele, talvez por desconhecer a tecnologia ou por não querer se comprometer, o que é totalmente aceitável. Em contrapartida, também existem oficinas e profissionais que se aventuram e acabam entregando um trabalho muito ruim, causando nos proprietários uma falsa impressão de que o carro não presta. Até hoje só vejo reclamar do QQ dois tipos de pessoas: aquelas que nunca dirigiram um e aquelas que o comparam com os mais do mesmo das ruas, o que é injusto. Quem nunca dirigiu não sabe nem de perto como o carro é ágil e rápido nas respostas e quem o compara, está sendo no mínimo ignorante. Um carro completo e importado pelo valor do QQ, você nunca vai encontrar. Agora, se você se conforma em ter um Gol, um Corsa, um Uno, Fiesta... bom, cada um com seu gosto! 

Para meios de ilustração, em 2018 compramos um Chevrolet Onix zero e fizemos logo em seguida uma viagem de mais de 6.000 km. Realmente, no quesito conforto, o Onix é excelente. Câmbio de seis marchas que na estrada é algo muito desejável, bancos bem feitos, motor econômico mas... aos três meses de uso, passou a bater todas as partes plásticas, o banco do motorista começou a ranger... parecia um carro velho. Daí eu questionei um mecânico da Chevrolet sobre isso, falei que achava um absurdo um carro daqueles custar R$ 44.990,00 e que estávamos pensando em nos desfazer dele. Ele concordou, disse que o Onix era assim mesmo e que não tinha jeito. Por isso essas montadoras 'do povo' passaram a produzir carros cada vez piores ao preço de bons carros. Já ouviu falar de Nissan e Toyota incomodando? Certamente que não.

Vendemos o Onix logo em seguida à compra do QQ. Hoje o QQ reina absoluto na garagem. Agora vamos falar algumas verdades sobre o QQ, claro. Não sou um 'jaquetinha' ou um 'clubinho': sei muito bem de cada ponto fraco do carro, conheço cada pedaço dele e entendo perfeitamente que isso é aceitável dado o valor de custo do veículo. Ainda assim, com todos esses pontos fracos que ele tem e que nenhum proprietário pode negar, é uma excelente opção frente aos mais do mesmo que vemos nas ruas. A Renault inundou o mercado com seus Clio, Sandero... A Ford com seus Fiesta, Ka... A Chevrolet com suas Montana, Celta... Nada diferente se enxerga nas ruas e isso influencia até as oficinas, que se atêm ao que há de maioria no mercado e não se especializa em novidades. Mecânicos que desconhecem a necessidade de uma simples sangria no sistema de freios ao trocar as pastilhas, por exemplo. Mais adiante vou criar uma série de postagens sobre esses pormenores do QQ, pontos positivos, negativos e quem sabe até uma voltinha nele em vídeo.

I love my QQ